terça-feira, 31 de maio de 2011

Bairro Liberdade e Galeria do Rock

Impressões:
"Na Galeria eu achei muito louco, porque em um andar tem pessoas que se vestem como eu.E no andar de cima parece outro mundo diferente de tudo que eu estou acostumado"-Marcos

"A arquitetura dos prédios da Liberdade me chamou atenção, e o que mais marcou foi ver o Mc Donald's personalizado como se fosse no Japãp.Gostei muito de ver a feirinha no Metrô.Pessoas com costumes diferentes,que se vestem diferente de nós..."-Eduardo

"Quero descobrir como aquela mulher desenha com duas canetas e naquele aparelho estranho!!!"-Igor

"Bom foi, encontrar diversos tipos de pessoas se reunindo em um mesmo lugar (a Galeria), lá vi skatistas, roqueiros, a galera do Reggae e do Rap...todos juntos!"

Depois de circular pelo bairro da Liberdade, passamos pela Praça da Sé, rua Direita, Vale do Anhangabaú, vimos a Prefeitura Municipal (palco de reivindicações e até de conflitos), o Teatro Municipal ainda em reforma e chegamos na Galeria do Rock, onde passamos uma hora e meia observando lojas, pessoas (encontramos até conhecidos), atitudes diferentes, escada acima, escada a abaixo...
O objetivo foi mostrar quantos mundos existem em São Paulo, que em nenhum outro lugar encontraremos, diversidades multiplas de conhecimentos, culturas, que se manisfestam em cada esquina.E a cada passo que se dá, viajamos para diversos mundos paralelos e ocultos pelo Centro de São Paulo.Essa foi minha intenção(André).

Nenhum comentário:

Postar um comentário