sábado, 9 de abril de 2011

Visita ao museu de línguas . turma da tarde

                                      
segura Jean ,se não você cai kkkkk!



 .



Essa é a turma da tarde ,que realizou uma exploração ao Museu da Lingua Portuguesa ,foi importante para o grupo perceber que o museu valoriza desde as palavras mais antigas até as palavras que os jovens utilizam no seu cotidiano,eles tiveram a oportunidade de entender o quanto a lingua portuguesa é rica ,embora não seja tão valorizada,pois bem, foi legal conhecer um pouco sobre a origem das palavras e ver que tudo na vida passa por tranformações até as palavras. "nossa ,aqui tem muita tecnologia"(Thiago Felix)

Um comentário:

  1. Que a Paz esteja sobre toda a humanidade. E a minha luta é pela construção de um mundo solidário, de compreensão à diversidade, de respeito ao próximo, socialista, fraterno, e sobretudo de compartilhamento.

    Que os nossos sorrisos, e os nossos abraços, possam encontrar-se em ressonâncias.

    A juventude é a melhor fase de nossas vidas, pena que a maioria das pessoas não aproveitam a força, o desprendimento e o amor a liberdade desta fase tão ímpar, para construir dias melhores. Fomos acostumados a entregar nossas vidas ao acaso ou nas mãos de Deus. Pois creio que a vida nos é dada por Deus, mas a qualidade de vida é fruto das ações humanas. Por isso torna-se indispensável refletirmos sobre as ações que possam transformar a sociedade.
    E para tal processo a juventude é crucial.
    encontramos a juventude, em especial representada pelos estudantes, na vanguarda da luta seja ela revolucionária, em busca de democracia ou defendendo direitos individuais, seus ou de outros grupos. que hoje parecem tão normais, mas que foram conquistados a duras penas como: o direito a voto, o retorno as universidades, o direito de associar. Vale ressaltar lutas antológicas contra a Ditadura, são retratos de uma juventude destemida, capz de dá o próprio sangue para realizar seus sonhos e mudar o mundo.
    E hoje? Onde anda o entusiasmo, o sentimento revolucionário? "Ser jovem e não ser revolucionário é uma contradição genética." Será que nossos jovens perderam o desejo de lutar? De construir uma sociedade alternativa? Por que tanta apatia em nossos jovens corações?
    "o ponto de partida da remodelação social é a transormação da consciência humana, "a transformação das condições de vida do homem é a única premissa e base para a mudança de seu modo de pensar."
    proporcionando assim uma mudança radical nas condições de vida, incluindo nossos jovens em um mundo crítico-reflexivo, com acesso a cultura, lazer e conhecimento, capazes de romper com o modelo "MALHAÇÃO" (onde a realidade é disfarçada, por uma eterna diversão) bem diferente do mundo real.
    Mostrar que quando você muda suas opiniões e seus conceitos o mundo ao seu redor também muda. as lideranças não conseguiram captar essa nova forma de ver o mundo. Hoje vivemos a luta pela tão falada "cidadania . E o que precisamos passar aos nossos jovens é que a luta não acabou, a baixa qualidade na educação básica, a elitização da cultura e do lazer.
    Mostrar que podemos construir uma sociedade diferente em uma via de mão-dupla, onde mudando o mínimo das condições, possibilitaremos uma mudança na consciência, ponto de partida para o fim da libertação da exploração do homem pelo homem, nosso objetivo central.

    eai turma conte sempre com migo ass; ANA PAULA

    ResponderExcluir